quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Resenha do filme Adorável Professor

Filme Adorável Professor

Dados do filme:
Título original: Mr. Holland; Gênero: Drama;
Duração: 140 min.; Ano de lançamento (EUA):1995;
Direção: Stephen Herek; Personagem principal: Richard Dreyfuss (Glen Holland)
O filme Adorável Professor, aborda de forma clara o trabalho de um professor que inicia sua jornada, desmotivado, sem objetivos definidos para o seu trabalho, falta de clareza em qual realmente seria seu papel dentro da educação e ainda para completar, não vê nenhum prazer no ato de ensinar.
De inicio, não se sentindo motivado, também não consegue motivar seus alunos com suas aulas, o professor está ali só para ensinar música e por questões financeiras. Demonstrou não se preocupar com o conhecimento musical vivenciado por seus alunos.
Suas aulas se tornam interessantes, quando o professor reconhece que não queria estar ali, se auto-avalia, avaliando também suas aulas. Então decide transformar sua prática ao perceber que não esta atingindo seus objetivos, e muda sua metodologia. Seu primeiro passo foi perguntar aos alunos que tipo de música eles gostavam. Ouviu em massa Rock end Roll e daí para frente tornou suas aulas significativas e muito prazerosas.
O filme retrata os desafios enfrentados pelo professor em ensinar numa escola tradicional. Por não ser uma escola democrática, a preocupação dos dirigentes da instituição foi imediata de questioná-lo sobre a utilização do Rock end Roll, mas Mr. Holland defendeu com sabedoria ao alegar, que para se alcançar o objetivo proposto o professor deve fazer uso de ferramentas negadas pelos conservadores.
A partir do momento em que o professor avaliou não só o desempenho de seus alunos, mas o seu próprio, a aprendizagem aconteceu porque o professor passou a ensinar com amor, com gosto e despertou nos alunos o desejo de aprender, passou a vivenciar uma postura realmente educativa.
Graças à avaliação que o professor fez também de si mesmo, se tornou mais tolerante, mais sensível com as dificuldades de seus alunos, buscou alternativas para ajudá-los e se encontrou descobrindo o prazer na profissão, passando a ver capacidade em todos, respeitando as diferenças, como foi no caso do aluno em que treinou a tocar tambor para que ele não perdesse a vaga no time de futebol, para isso buscou a ajuda e interagiu com outro profissional, o professor de Educação Física.
Ao ajudar a aluna que não conseguia tocar flauta, pedindo aulas extras, com muitas dificuldades e um sério problema de baixa auto-estima, o professor retoma sua pratica buscando alternativas para ensinar, reforçando que a aluna tem condições e vibrando com as conquistas da mesma.
O filme mostra essa trajetória de Mr. Holland que vive vários conflitos tanto no trabalho quanto na família. Vários acontecimentos importantes marcam a vida desse professor, como quando descobre a gravidez da esposa, a felicidade da chegada do filho e ao mesmo tempo a descoberta triste do problema auditivo de Cool. Mr. Holland percebe que vai ter que trabalhar mais do que havia planejado e vai adiando a sua produção musical. O filme retrata também o inicio da educação do seu filho e as dificuldades da relação entre ambos, que depois são superadas. A escola vai mudando sensivelmente no decorrer do filme com a influência de causas históricas e por influência dos professores, inclusive de Mr. Holland.

O filme termina com a demissão do professor músico para corte de gastos pedido pelo conselho de educação, ao sair recebe uma bela homenagem. Uma surpresa que conta com a participação da Governadora que faz um discurso emocionante sobre a importância do seu professor Holland. Em seguida o convida a pegar a batuta e reger a primeira apresentação da “Sinfonia Americana” Glenn Holland. Nesse momento Mr. Holland percebe o quanto havia marcado positivamente seus alunos, colaborando de maneira relevante com a formação de cada um, inclusive da Governadora sua ex-aluna.

Enfim, um filme que podemos relacionar com os princípios pedagógicos defendidos por alguns autores, filme esse que ressalta a importância do educador frente a novos rumos de uma sociedade, em que o verdadeiro educador é aquele que se dispõe a mudar sua postura sempre que houver necessidade e retomar constantemente sua prática pedagógica.

Percebemos que há muitos caminhos a serem seguidos para que se desenvolva um ensino de qualidade. Através desse filme, o professor nos mostra um verdadeiro exemplo de vida ao nos demonstrar ser possível, não importa as dificuldades, mesmo que diante a realidades desfavorável de uma escola tradicional e alunos apáticos e desmotivados, desenvolver um trabalho transformador, se nos dispusermos a enfrentar nossos medos, perceber nosso dever de querer sempre aprender a ensinar.
Um filme que vale a pena assistir do qual se tira muitas lições!

Um comentário:

rita disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.